Hendrik Valgma e o seu Actros 1848 amarelo

O RoadStars encontra

Uma aurora boreal de nariz apurado.

O Actros 1848 amarelo de Hendrik Valgma está estimado e reluzente – mofo é que não pode ser!


«Detesto o cheiro a pó e a mofo. Preciso de ar fresco na cabina!»

– Hendrik Valgma


Um camião limpo e estimado é importante para muitos motoristas. Para Hendrik Valgma, de Tallinn, isso ainda não é suficiente: «Detesto o cheiro a pó e a mofo. Preciso de ar fresco na cabina!» Nesse caso calha bem este homem de 43 anos conduzir o seu Actros 1848 amarelo sozinho, pelo que está à vontade não só nas limpezas como para arejar a cabina como bem quiser. Talvez isso também explique o fervedor de chá em vez de uma máquina de café na cabina?

Quanto maior, melhor.

Mesmo noutras coisas, Hendrik soube desde cedo o que lhe agradava. Trabalhar com maquinaria pesada – foi o que ele sempre quis fazer desde criança. «Quanto maior, mais divertido», diz este pai de uma menina de nove anos, e recorda: «Aos 12 anos estive uma vez na Rússia. O que mais me impressionou foi um enorme camião laranja. Devia ser divertidíssimo conduzir aquilo...»


Na verdade, começou por trabalhar durante um ano como mecânico e de seguida cinco anos como bombeiro. «Até que a Aave Transport me perguntou se eu não queria conduzir para eles. Aceitei imediatamente.» O que mais lhe agrada no seu emprego: «Conhecer sempre novas pessoas e estar em novos lugares é bem porreiro.» Hendrik transporta sobretudo mercadoria recolhida em diversos locais para a DHL Freight entre a Estónia e a Alemanha e vice-versa. De vez em quando viaja também pelos Países Baixos.



Mercedes-Benz desde sempre.

Entretanto, faz 12 anos que Hendrik executa este trabalho e nunca se arrependeu da decisão. Certamente houve outra constante na sua vida profissional a contribuir para isso: «Desde que trabalho como motorista só conduzi camiões Mercedes», destaca Hendrik. «Mesmo a nossa frota é composta maioritariamente por Mercedes. E, como é natural, também o meu próprio carro ostenta a estrela.»

Nas férias, o mundo parece outro. Em viagens longas, Hendrik prefere usar o avião. Nessas alturas, ele e a sua companheira, juntamente com a sua filha em comum, sentem-se mais atraídos pela Noruega ou os Alpes. Por outro lado, caso passe as férias na Estónia, sente-se feliz em ser outra pessoa a pegar no volante.

Navios não são nada do seu agrado: «Andar no mar tem algo de tenebroso para mim, prefiro passear na praia.» De preferência nas Caraíbas, para onde ele gostaria de viajar um dia. Quando não sonha com as férias, Hendrik gosta de ver filmes. Isso tem uma enorme vantagem: dá para fazê-lo quase sempre e em qualquer lugar – em casa, no cinema ou na cabina bem arejada. Claro que só quando o camião está parado.


Fotografia: DHL Freight Estonia

14 comentários