Assistente de Mudança de Direção melhorado. O engenheiro de desenvolvimento Carsten Barth apresenta as novidades

Veículo & Tecnologia

Virar à direita em segurança.

Atualmente, os acidentes com danos pessoais ocorridos durante a mudança de direção de camiões são responsáveis por tristes cabeçalhos. A Mercedes‑Benz Trucks tem o Assistente de Mudança de Direção desde 2016. Para o novo Actros e o novo Arocs, o sistema de aviso foi novamente melhorado. Agora trabalha em conjunto com a MirrorCam.


O cruzamento é apertado. Carsten Barth tem de alargar um pouco a trajetória para conseguir entrar na curva sem que os pneus do seu semirreboque toquem no lancil. Ao mesmo tempo, tem de ter em atenção o trânsito que circula em sentido contrário. Há pouco espaço para uma composição de 18 metros de comprimento.

De repente, no display da MirrorCam do lado do acompanhante, surge um triângulo amarelo: na estreita faixa entre a aresta do lancil e o Actros aparece um ciclista. Barth vê-o claramente no monitor. «Mas de qualquer maneira fico contente que o Assistente de Mudança de Direção me tenha avisado», diz Barth, de 42 anos, e deixa o ciclista passar. «Este ponto não tem visibilidade. Nestes casos, é muito útil que o sistema também preste atenção.»


«O Assistente de Mudança de Direção e a MirrorCam apoiam o motorista em situações de trânsito complexas.»

– Carsten Barth, engenheiro mecatrónico na Daimler Truck AG


O engenheiro mecatrónico Carsten Barth e a sua equipa trabalham na Daimler Truck AG nos sistemas de assistência e segurança dos camiões Mercedes‑Benz. Recentemente, a atenção centrou-se na coordenação otimizada da MirrorCam e do Assistente de Mudança de Direção no novo Actros e Arocs. Já em 2016 a Daimler foi o primeiro fabricante de camiões a colocar no mercado o Assistente de Mudança de Direção.

Na sequência da introdução dos dois novos camiões pesados, o sistema voltou a ser melhorado: as mensagens de aviso do Assistente de Mudança de Direção já não são mostradas através de uma luz LED no pilar A no interior da cabina, mas no display direito da MirrorCam. A MirrorCam e o Assistente de Mudança de Direção trabalham em conjunto – desta forma, o motorista não é sobrecarregado com informações e todas as indicações relevantes estão agrupadas num único local.



O que Barth mais aprecia na MirrorCam é o facto de esta minimizar ainda mais a problemática do chamado ângulo morto: «Acontece muito frequentemente os motoristas andarem a conduzir com espelhos mal ajustados. Isto faz com que eles próprios criem um ângulo morto do lado do acompanhante, no qual peões e ciclistas podem facilmente passar despercebidos. Com a MirrorCam deixa de existir o problema dos espelhos mal ajustados, porque a câmara e o display mostram sempre a mesma imagem completa de qualquer perspetiva. Isto minimiza o ângulo morto.» A orientação do excerto da imagem é calibrado uma vez na fábrica e – caso seja necessário – o motorista pode fazer um ajuste fino.

Na verdade, em 2009, o legislador pretendeu lidar com o problema do ângulo morto através de uma novela legislativa. Desde então, é obrigatório na UE um sistema de espelhos que também abrange totalmente a área do lado do acompanhante que o motorista não conseguia ver até então. No entanto, não se pode descartar a falha humana, mesmo que o motorista tenha ajustado corretamente os espelhos. A viragem de camiões à direita causa frequentemente colisões perigosas, por vezes mesmo com consequências fatais. Este tipo de acidentes afeta sobretudo ciclistas e peões.


Perigo potencial. Um ciclista do lado direito de um camião pode não ser visto no trânsito complexo devido a falha humana. Mas os sensores do radar do Assistente de Mudança de Direção detetam o ciclista, de forma a que o sistema possa avisar o motorista.
Perigo potencial. Um ciclista do lado direito de um camião pode não ser visto no trânsito complexo devido a falha humana. Mas os sensores do radar do Assistente de Mudança de Direção detetam o ciclista, de forma a que o sistema possa avisar o motorista.
Nível de aviso Amarelo. No primeiro nível de aviso do Assistente de Mudança de Direção aparece um triângulo amarelo no display direito da MirrorCam quando há um obstáculo em movimento ou parado na zona de monitorização lateral do sistema.
Nível de aviso Amarelo. No primeiro nível de aviso do Assistente de Mudança de Direção aparece um triângulo amarelo no display direito da MirrorCam quando há um obstáculo em movimento ou parado na zona de monitorização lateral do sistema.
Nível de aviso Vermelho. Quando há perigo de colisão, o Assistente de Mudança de Direção emite um sinal de aviso visual e sonoro adicional. Neste caso, a indicação não fica amarela, mas pisca a vermelho e fica permanentemente vermelha após dois segundos. Adicionalmente ouve-se um sinal sonoro de aviso do lado do acompanhante. O motorista pode travar ou, como neste caso, deixar o ciclista passar em segurança.
Nível de aviso Vermelho. Quando há perigo de colisão, o Assistente de Mudança de Direção emite um sinal de aviso visual e sonoro adicional. Neste caso, a indicação não fica amarela, mas pisca a vermelho e fica permanentemente vermelha após dois segundos. Adicionalmente ouve-se um sinal sonoro de aviso do lado do acompanhante. O motorista pode travar ou, como neste caso, deixar o ciclista passar em segurança.
Espetro de serviços único. Ao contrário de outros sistemas disponíveis no mercado, o Assistente de Mudança de Direção da Mercedes-Benz Trucks está totalmente integrado na arquitetura do veículo. O sistema também trabalha sem a luz indicadora de mudança de direção ativada, considera todo o veículo pesado com reboque e pode calcular antecipadamente a trajetória varrida do reboque.
Espetro de serviços único. Ao contrário de outros sistemas disponíveis no mercado, o Assistente de Mudança de Direção da Mercedes-Benz Trucks está totalmente integrado na arquitetura do veículo. O sistema também trabalha sem a luz indicadora de mudança de direção ativada, considera todo o veículo pesado com reboque e pode calcular antecipadamente a trajetória varrida do reboque.
Mudar de faixa em segurança. O Assistente de Mudança de Direção também ajuda o motorista na mudança de faixa para a direita, por exemplo depois de uma ultrapassagem ou em estradas com várias faixas de rodagem.
Mudar de faixa em segurança. O Assistente de Mudança de Direção também ajuda o motorista na mudança de faixa para a direita, por exemplo depois de uma ultrapassagem ou em estradas com várias faixas de rodagem.

A opinião pública e a política estão alarmadas.

Devido a alguns destes trágicos acidentes no passado recente, está a decorrer um intenso debate na Alemanha e na Áustria.

O ministério dos transportes em Berlim já reagiu: até 2022 as novas homologações de camiões devem incluir um Assistente de Mudança de Direção que auxilia o motorista na mudança de direção para a direita. Além disso, foram disponibilizados subsídios para empresas de transportes que montem posteriormente um Assistente de Mudança de Direção nos seus camiões.

Para alguns críticos, ainda não é suficiente: alguns políticos pedem mesmo que camiões sem Assistente de Mudança de Direção sejam proibidos de circular nas cidades.


Mas porque será que, apesar da novela legislativa de 2009, seja tão frequente camionistas não repararem sobretudo em ciclistas quando viram à direita? Na verdade, a mudança de direção para a direita em cruzamentos com muito movimento ou má visibilidade é geralmente uma situação complexa para os camiões. Ainda se torna mais difícil se a chuva ou a escuridão prejudicarem a visibilidade: o camionista não tem apenas de ter constantemente atenção aos espelhos, mas também a todos os sinais de trânsito, peões e veículos que viram à esquerda no trânsito que circula em sentido contrário.


Nível de aviso Vermelho.

Frequentemente tem ainda de ter atenção aos veículos que circulam em sentido contrário ou à sua esquerda, numa segunda faixa. Pois muitas curvas só podem ser feitas com um veículo pesado com reboque se o motorista «alargar a trajetória» e fizer um arco largo. Para isso, tem muitas vezes de percorrer a faixa do lado por breves momentos. Nesta situação, não olhar corretamente para o espelho uma única vez pode ser suficiente para não se ver um ciclista do lado do acompanhante!

O Assistente de Mudança de Direção no Actros e no Arocs aumenta a segurança. O sistema trabalha tanto em veículos sem reboque, como em veículos pesados com reboque de até 18,75 metros de comprimento. O Assistente de Mudança de Direção não é um sistema de travagem automático, mas apoia o motorista através de um processo de aviso de vários níveis: caso se encontra um objeto em movimento ou imóvel na zona de controlo lateral do lado do acompanhante, o motorista é primeiro informado através de um aviso visual. Para o efeito, no display da MirrorCam do lado do acompanhante acende-se um símbolo triangular. No caso de perigo de colisão, ocorre um sinal de aviso adicional visual e sonoro: a indicação pisca várias vezes a vermelho e após dois segundos fica permanentemente vermelha. Além disso, soa um sinal sonoro de aviso do lado do acompanhante.

«O nosso sistema de aviso dirige a atenção do camionista objetivamente para uma possível situação de perigo», explica Barth. «Assim, o motorista pode travar atempadamente ou eventualmente desviar-se. É um grande progresso, pois o trânsito está a aumentar e os consequentes desafios são cada vez mais complexos, sobretudo nas cidades.»



Todo o veículo pesado com reboque é controlado.

A Daimler Truck AG é atualmente o único fabricante que oferece um tal sistema de aviso, totalmente integrado na arquitetura do veículo. Outros fabricantes contentam-se com uma solução fornecida. Esta trabalha, por exemplo, apenas com a luz indicadora de mudança de direção ativada. Carsten Barth: «Pelo contrário, o nosso sistema avalia também a taxa de guinada e o ângulo de viragem. Por isso, também pode avisar quando o motorista, ao virar para a direita, se esquece de ativar a luz indicadora de mudança de direção.»

Outra grande vantagem da solução da Mercedes-Benz Trucks é a consideração de reboques e semirreboques: os dois sensores do radar de proximidade no quadro no lado do acompanhante à frente do eixo traseiro do camião estão dispostos de forma a monitorizarem todo o comprimento do veículo pesado com reboque mais dois metros para a frente e um metro para trás. «Os outros fabricantes não conseguem oferecer isto», afirma Barth.

E ainda não é tudo! Com a introdução do novo Actros, o Assistente de Mudança de Direção pode agora também, em determinadas circunstâncias, apoiar o motorista na mudança de direção à esquerda: num veículo sem reboque com mais de 1,50 metros de longarina traseira depois do último eixo traseiro, existe o perigo de, ao virar para a esquerda, o canto traseiro direito do veículo fugir. O que pode causar uma colisão da longarina traseira com outros utentes da via. Contudo, no novo Actros, o Assistente de Mudança de Direção avisa o motorista atempadamente de uma tal colisão.


E o Assistente de Mudança de Direção da Mercedes-Benz ainda tem um trunfo: o sistema só alerta para a presença de objetos parados no lado do acompanhante se existir realmente o perigo de colisão. Objetos que foram detetados mas não representam um perigo não desencadeiam um aviso, para que o motorista não se distraia desnecessariamente. O Assistente de Mudança de Direção consegue fazer isto, calculando antecipadamente a trajetória varrida do reboque. Para o efeito, diversas informações do veículo e do reboque são consideradas e duplamente verificadas através da deteção por radar. «É algo tecnicamente muito complexo, que exigiu muitas viagens de ensaio», diz Barth. «Até ao momento, nenhum outro fabricante teve um trabalho de desenvolvimento semelhante.»

O aviso da trajetória varrida trabalha até 36 quilómetros por hora. Todas as outras funções do Assistente de Mudança de Direção estão ativas em toda a gama de velocidades de 0 até 90 quilómetros por hora. Assim, o Assistente de Mudança de Direção pode ajudar também a mudar em segurança para a faixa da direita: se o motorista ativar a luz indicadora de mudança de direção ou pisar uma marcação de faixa de rodagem, o Assistente de Mudança de Direção informa de um possível objeto do lado do acompanhante – uma grande ajuda, sobretudo na mudança de faixa em estradas com várias faixas.


Não só o Assistente de Mudança de Direção mas também a nova MirrorCam ajudam o motorista a ver tudo e todos. Para além da já referida minimização do problema com o ângulo morto, a construção compacta das câmaras aumenta consideravelmente a visibilidade panorâmica: o motorista tem uma visibilidade consideravelmente melhor na diagonal frontal juntos dos pilares A, porque faltam os enormes espelhos principais e espelhos retrovisores grandes angulares. Carsten Barth: «É muito agradável nas manobras e nas curvas apertadas.»

Barth está convencido de que o Assistente de Mudança de Direção e a MirrorCam em conjunto são uma ajuda eficaz para o motorista. «Acabámos de o ver: quando o camião para no semáforo e o motorista não olha para a direita, pode muito rapidamente surgir um ciclista. Este arranca depois em simultâneo com o camião que vai virar. Nesta situação há um grande potencial de perigo. Também com o Assistente de Mudança de Direção e a MirrorCam pode ocorrer uma falha humana, mas, a meu ver, os sistemas são imprescindíveis, tendo em conta as exigências crescentes que se colocam no trânsito rodoviário. Não retiram a responsabilidade ao motorista, mas apoiam-no eficazmente.»



Segurança no novo Actros.

Para além do Assistente de Mudança de Direção melhorado, o novo Actros apresenta toda uma série de novos sistemas de segurança e assistência ao motorista que nenhum outro fabricante oferece:

O novo Actros.


Fotografia: Matthias Aletsee
Vídeo: Alexander Tempel

14 comentários